Descobri ser intolerante ao glúten antes de saber que também era a lactose, daí pensei em todas as delicias que não poderia comer mais, lembrei dos pães franceses no café da manhã, dos bolos, pizzas, massas…isso porque não sabia que não poderia comer mais biscoitos ou produtos enlatados.

Na verdade, quando você recebe o diagnóstico,só se recorda dos pães e pizzas, na hora sua cabeça fica a mil e fica difícil pensar em tudo ao mesmo tempo.

Existe glúten em tantos produtos, que só com o tempo e fazendo pesquisas, você vai aprendendo e descobrindo, como e o que essa sua nova vida, vai lhe permitir saborear. Mas calma, você vai conseguir.

Vou começar com alguns dos possíveis sintomas da doença:

Orais : mau hálito

Neurológico – raciocínio lento , irritabilidade ,déficit de atenção

Femininas – alterações hormonais, menopausa precoce

Intestinal – refluxo, distensão abdominal, dores abdominais

Pele – acne, irritações cutâneas

Além de : dores de cabeça, queda de cabelo, insônia , sinusite, entre outros.

Tratamento

O único tratamento, descoberto até então, é a dieta livre de glúten. Por isso antes de cortar o glúten da sua vida, procure seu médico e descubra as causas dos sintomas que você apresenta. No meu caso procurei uma neurologista, um gastroenterologista e uma nutricionista.

É possível ser intolerante ao glúten e ser feliz – Guia para intolerantes iniciantes, parte 1 – Sintomas e tratamento
Imagem: Meu Segredinho
Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.